PÁGINAS
  • 06:57
Desde que assumiu a Secretaria da Saúde do município de Retirolândia, no inicio da gestão do prefeito Vonte do Merim, o secretário Claudio Inocêncio Gomes (Cacau), se mostrou bastante preocupado com a situação do gerador de energia do Hospital Municipal.

O gerador foi adquirido na gestão anterior, com recursos federais, pelo valor correspondente a R$ 130 mil, mas nunca tinha sido instalado. De acordo com o contrato de execução, a fornecedora deveria entregar o equipamento instalado no setor, o que não aconteceu.

Após o município acionar a justiça, a juíza substituta da Comarca de Retirolândia-BA, Ana Paula Fernandes Teixeira, deferiu liminar, determinando que empresa, na época contratada para realizar o serviço, fizesse a instalação do aparelho gerador, visto que, os valores pagos incluía a instalação. Após dias de espera, na tarde desta quinta-feira (06), a decisão da Justiça foi cumprida e o gerador foi devidamente instalado.

Para o secretário da Saúde, Cacau, a instalação do equipamento é de grande importância para a garantia da realização das atividades hospitalares. O secretário explicou que o gerador não havia sido instalado antes por conta do município não poder pagar por um serviço que já havia sido pago anteriormente, o que, caso outra empresa fosse paga pelo mesmo serviço, poderia configurar crime de improbidade administrativa.


ASCOM
Reporte-nos algum problema! Ouvidoria