PÁGINAS
  • 12:02
Foi realizado na tarde desta sexta-feira (15) o ultimo encerramento dos trabalhos nas creches municipais em Retirolândia, terminando, portanto, o fim do ano letivo 2017. Com o objetivo de participar das atividades de conclusão de todas as unidades, a diretora das creches, Eliane Araújo, juntamente com o secretário de Educação, Eleaci Dias Magalhães Junior e a primeira dama do município, Abelma Nataline montaram um calendário diferente para cada comunidade.
Na quarta-feira (13) foi à vez das creches das comunidades de Sossego e Mandápolis, onde, mães, alunos e professores se confraternizaram, participaram de atividades recreativas, partilharam um lanche e receberam presentes de Natal.
“Além de cuidar das crianças para que os pais possam ir ao trabalho, as creches promovem uma construção da rede de cuidados sobre toda a família. Tem a função de educar, conduzir ao exterior, aperfeiçoar a criança para que ela possa desenvolver seu próprio ponto de vista.” conclui Eliana.
Já na quinta-feira (14), as unidades dos povoados de Jataí e Alecrim receberam a caravana que repetiram as atividades desenvolvidas nas comunidades anteriores.
Para o secretário de Educação, Eleaci Junior, a educação infantil, é a primeira etapa da educação básica e ajuda no desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social da criança, complementando a ação da família e da comunidade.
Nesta sexta-feira (15) foi a vez do encerramento das atividades da sede e da comunidade de Gibóia. Pela manhã o prefeito, Vonte do Merim, também participou da programação na creche Semente do Futuro. “ Quero agradecer aos pais pela confiança depositada, por deixarem seus filhos nas mãos dos nossos profissionais. Próximo ano, vou estar junto com essa equipe lutando para que os serviços oferecidos melhorem cada dia mais!” concluiu o prefeito.

“Fazer os encerramentos em dias alternados foi uma forma que encontramos de poder dar uma maior atenção para cada criança, poder ouvir sugestões dos pais, além, de aproximá-los dos educadores de seus filhos.” ressaltou Nataline.



ASCOM
Reporte-nos algum problema! Ouvidoria