PÁGINAS
  • 06:13
A pedido do prefeito Vonte do Merim, o presidente da Associação de Pequenos Produtores da Região de Lagoa Grande – Julio Lopes da Silva, pautou, juntamente com a comunidade, problemas existentes naquele povoado, Julio se reuniu com membros de associações, lideres religiosos, agentes comunitário de saúde que pontuaram as necessidades mais emergentes de Lagoa Grande.
Na noite desta quarta-feira (23) o Gestor municipal, juntamente com seu secretariado, visitou a comunidade para ouvir e debater possíveis soluções para os problemas apresentados, o encontro aconteceu no prédio da associação comunitária e contou com a participação de dezenas de moradores. Logo após ouvir os tópicos abordados pela comunidade, cada secretário, respondeu os questionamentos referentes às suas pastas.
Pela pasta da saúde, o secretário Claudio Inocêncio Gomes (Cacau) disse aos moradores, que embora traga uma bagagem de experiência de outra gestão, tem encontrado novos desafios dando como exemplo a dificuldade para aquisição de medicamentos, ele disse ainda, que um gestor só pode resolver os problemas de uma comunidade se tiver conhecimento dos mesmos e, cobrou da técnica de enfermagem que leve a demanda do posto comunitário, alertando que existe um programa nacional que limita os tipos de medicamentos que são distribuídos. “A Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (Rename) é uma publicação do Ministério da Saúde com os medicamentos utilizados para combater as doenças mais comuns que atingem a população brasileira.” Explicou.

Eleaci Dias Magalhães, secretário de educação, falou dos pequenos reparos que foram feitos nas escolas municipais, Léo, como é popularmente conhecido, disse que o desejo maior é ver todas as escolas reformadas completamente de forma que alunos e professores se sintam bem acolhidos no ambiente escolar e que vai lutar, juntamente com prefeito, para resolver o máximo de problemas possíveis.
Também questionada pela comunidade, a secretária de assistência social, Nayara Silva, disse que a crise política que o país vive atualmente tem afetado principalmente a classe mais pobre, pois, de acordo com Nayara, projetos importantes como o Minha Casa Minha Vida, por exemplo, não estão mais funcionando. Nayara disse ainda, que está fazendo uma seleção através do cadastro único e assim que os projetos de moradia voltarem a ser liberados as pessoas que realmente precisam serão atendidas. A Secretária também se colocou a disposição dos jovens da comunidade para fortalecer os movimentos culturais existentes.
Sobre a Infraestrutura, o secretário, Rafael Morais (Rafael da Vargem) destacou a iluminação da comunidade que já foi trocada, assim como, a limpeza pública que passou a ser mais eficiente. Rafael prometeu aos moradores que após a comunidade de Laginha, Lagoa Grande seria contemplada com a poda de árvores.
O vice-prefeito, Noé Silvestre, agradeceu a confiança que a comunidade tem depositado no trabalho da gestão, Noé disse que as atividades iniciaram pela sede, mas que, em apenas 07 meses já se estendeu por todo município, a exemplo da limpeza das aguadas que, de acordo com ele, já chegam a aproximadamente 200 contemplados.
O prefeito, Vonte do Merim, iniciou sua fala dizendo que entende que cada um tem uma preferência política, mas, que o período político passou e agora é hora de pensar no todo, ele se colocou a disposição dos jovens presentes para ouvi-los sempre que for preciso. “Eu acredito que a nossa gestão dará certo porque buscamos ouvir as pessoas, entender o problema de cada um e buscamos resolver tudo que esta ao nosso alcance.” Falou.

O Presidente da Câmara, Sandro da Vargem e o vereador Beto do Ônibus, também estiveram presentes na reunião, ambos agradeceram os votos obtidos naquela comunidade e se colocaram a disposição para ajudar a cobrar soluções.


ASCOM

Reporte-nos algum problema! Ouvidoria