PÁGINAS
  • 05:57
O curso pré-vestibular foi aberto oficialmente na noite desta terça-feira,11 na Escola Antônio Militão Rodrigues com a presença de alunos, professores, secretário da educação e do prefeito Vonte do Merim.
Na ocasião, a coordenadora geral da educação municipal, Fidelcina Souza, mencionou sua trajetória de vida quanto as dificuldades para estudar e as barreiras que não a impediram de alcançar seus objetivos. A coordenadora lembrou das facilidades encontradas pelos alunos atualmente, principalmente pela obrigação que o poder público tem de oferecer serviços como o transporte, por exemplo. A manifestação de Fidel, como é conhecida, teve como objetivo estimular e incentivar os estudantes a encarar com coragem e afinco o curso pré-vestibular.
Em comparação às dificuldades de sua época, Fidel lembrou a facilidade que a internet oferece como grande ferramenta que possibilita o aprendizado.
Para Henrique Valença, coordenador geral do polo de Conceição do Coité e responsável pelas 7 cidades que integram seu território e representante da UNEB-Universidade Estadual da Bahia em Salvador, Nem só o estudo é suficiente. Segundo ele, não é apenas a sabedoria que faz do homem ou mulher seres melhores. " se você é uma pessoa melhor, o mundo é melhor.
Os obstáculos existem, mas são os alicerces da minha construção, é cada patamar que eu vou subir na minha vida". disse o coordenador.
Para Henrique, o estudo faz o cidadão sair de casa preparado para a vida.
Para Débora Ferraz, coordenadora do UPT-Universidade Para Todos, que é oriunda do curso, para o pré-vestibular ser desenvolvido no município, a prefeitura tem que abraçar a causa. As aulas servirão como preparação para o vestibular da UNEB e para o ENEM e os alunos que têm uma frequência regular, recebem a isenção e não pagam a inscrição para o vestibular, além do módulo e o fardamento para o curso que tem duração de 6 meses.
62 alunos, de acordo com Débora, estão matriculados. Cerca de 20 ouvintes que não foram contemplados pelo governo do estado, poderão acompanhar as atividades sem direito ao módulo e ao fardamento. Os ouvintes poderão ingressar no curso em caso de desistência de outros alunos.

Como coordenadora há 6 anos, Ferraz narra as dificuldades como: a falta de cadeiras nas salas que obrigavam os alunos a assistirem aulas no chão, transporte e energia nas salas.

Para o curso deste ano que terá duração de 6 meses, a Prefeitura e Secretaria da Educação, colocaram à disposição dos alunos: uma sala forrada e com ar-condicionado e um funcionário.
O Secretário da educação do município, Eleaci Dias Magalhães Júnior, disse que esse curso é a realização de um sonho e que todo o apoio será dado aos alunos, inclusive no transporte e na alimentação. Léo lembrou que muitos alunos saem de suas casas sem se alimentar devido a jornada diária de trabalho e a preocupação com o horário do transporte escolar e das aulas.

"Nosso dever e nosso papel, é garantir uma educação de qualidade para os nossos munícipes", salientou o Secretário.
Para o prefeito Vonte do Merim que desejou sorte aos alunos e fez a entrega do módulo e do fardamento, essa foi uma importante ocasião para o município com um evento que premia a classe estudantil, preparando os cidadãos e futuros profissionais que contribuirão com o progresso do município. O prefeito destacou o curso pré-vestibular como um avanço na educação municipal, dizendo-se comprometido em dar todo o apoio para o crescimento da educação municipal, investindo nesse tipo de suporte escolar com o transporte, estrutura e alimentação que servirão de estímulo para os estudantes seguirem em busca dos seus objetivos.


ASCOM
Reporte-nos algum problema! Ouvidoria