PÁGINAS
  • 08:01
A Secretaria de Assistência Social em parceira com a Secretaria de Educação, o Conselho de Direito (CMDCA) e o Conselho Tutelar realizaram na manhã desta quinta-feira, 18 de maio, uma passeata pelas principais praças da cidade com o objetivo de despertar a comunidade retirolandense sobre a importância de combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. O evento contou com a participação de aproximadamente 350 pessoas, na sua maioria, professores, coordenadores, crianças e adolescentes da rede municipal de educação, diretores/as e vice-diretores, conselheiros/as, representantes de entidades da sociedade civil e dos poderes públicos legislativo e executivo.
Uma criança e uma adolescente (estudantes das escolas ACM e Daniel Ferreira) foram premiadas pela produção da redação e de desenho com um tablet. As alunas participaram do projeto desenvolvido nas escolas durante o mês de abril e início de maio, tendo como tema o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.
O projeto começou a ser desenvolvido nas escolas da rede municipal desde o dia 08 de abril. A equipe do CRAS em parceria com o CMCA e o Conselho Tutelar realizaram palestras em todas as escolas municipais e na creche. O fechamento das ações aconteceu hoje pela manhã na Praça da Zebrinha.
"Todos os dias é dia de combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Os números oficiais em nosso município são pequenos, mas sabemos que existe ainda muita omissão. Façamos a nossa parte em denunciar e cuidar não apenas hoje, 18 de maio, mas sempre!". Disse a Secretária de Assistência Social, Nayara Silva.
O Secretário de Educação do Município, Eleaci Dias Magalhães, disse que criança é para brincar e estudar. Ele pediu aos pais o cuidado com seus filhos e que denunciem qualquer tipo de abuso.
“Estamos nas praças e ruas para ajudar a vocês crianças a combater o abuso, poderíamos estar com mais representações, devemos formar uma rede de forças para combater todo mal contra as crianças e adolescentes”. Disse Terezinha, presidente da CMDCA
A conselheira tutelar Dulcinei Baldoino, disse que o dia 18 maio é um dia que todos estão lutando para combater a violência e todo tipo de abuso contra as crianças e adolescentes.
Já a coordenadora da Educação, Fildecina, afirmou que esse tema precisa ser discutido também nas escolas . “A educação e a orientação da família são importantes, mas é preciso que a escola faça sua parte”. Concluiu.
Ela mencionou ainda as atividades desenvolvidas nas escolas da rede municipal desde o dia 9 de abril para preparar o dia 18 de maio como dia de combate ao abuso contra crianças e adolescentes.


ASCOM
Reporte-nos algum problema! Ouvidoria