PÁGINAS
  • 05:00
Apesar do padroeiro do município de Retirolândia ser Santo Antonio Pádua, o festejo em comemoração ao dia de São Pedro se tornou a maior e mais tradicional festa da cidade. Este ano o evento comemora 52 anos de tradição.
Em 1965, uma parceria do extinto colégio Centro Educacional Cenecista de Retirolândia com a Prefeitura de Retirolândia realizou o primeiro São Pedro, diferente do formato dos dias atuais, a festa era beneficente e acontecia em local fechado, somente no ano de 1971, com incentivo o Senhor Orlando Campos de Souza a festividade e passou a ser realizada na Praça 27 de Julho e embalada ao som dos trios elétricos. Ao longo dos anos a festa de São Pedro cresceu e passou ser conhecida em todo o Brasil atraindo pessoas de todo o país e, no ano de 2001, os trios elétricos foram saindo de circuito a perdendo espaço para os palcos que passaram a ser montados na Rua Rui Barbosa, embaixo da estrutura metálica construída para a feira livre.
Para o prefeito, Vonte Merim, o que mantém a tradição da festa não é somente o nível das atrações, segundo ele, o São Pedro é o período em que as pessoas reencontram velhos amigos, as famílias se reúnem e a cidade passa a ter um movimento diferente. “O clima que a Festa trás é muito gostoso, leva a nossa memória a viajar no tempo e recordar momentos bons da nossa vida”. Falou.

A Prefeitura de Retirolândia montou uma equipe que está idealizando o evento e, o primeiro passo foi a definição das datas, este ano, a festa irá acontecer nos dias 30 de junho 01 e 02 de julho.


ASCOM
Reporte-nos algum problema! Ouvidoria