PÁGINAS

Um Governo de Todos!

  • 10:09

Com o objetivo de oferecer mais dignidade aos profissionais da área de combate a endemias, a gestão municipal e a secretaria da Saúde de Retirolândia, promoveram a entrega de fardamento para os agentes desse setor.

A ocasião aconteceu no gabinete do prefeito municipal nesta sexta-feira, 20, e contou com a presença do prefeito Vonte do Merim, o secretário de saúde, Cláudio Inocêncio, a coordenadora Nelma, e com o agente de combate a endemias, Ramon, que representou a categoria.

No total, 13 agentes receberam 2 fardamentos cada para o exercício das suas atividades.

Para a gestão, é preciso cuidar com toda a atenção possível daqueles que têm oferecido, com dedicação, seus serviços à população, sendo os verdadeiros guardiões da saúde das famílias.
  • 03:08

Na tarde desta quinta-feira,19, aconteceu mais uma reunião para tratar da implantação do Plano Municipal de Saneamento Básico em Retirolândia-BA. O evento foi realizado na Secretaria de Assistência social.

Jonatas Sodré

Além do prefeito Vonte do Merim e secretários municipais, a ocasião contou com a participação do engenheiro da Embasa, Euzébio Júnior, do engenheiro ambiental e sanitarista, Jonatas Sodré, e Marcele Macedo da Consisal.

Recentemente foi concluída a 2ª etapa do projeto para  diagnosticar o Sistema de Saneamento Básico no município. Restando ainda: o prognóstico que é pautado no planejamento futuro, programas e ações, baseados nos cenários construídos pelo diagnóstico atual.

A equipe observará quais os programas necessários para o Saneamento Básico e, em seguida, desenvolverá o plano de ação com a priorização das ações que definirão os bairros e comunidades que merecem prioridade máxima ou média.

Tramita no Congresso atualmente a medida provisória 844/2018 proposta pelo governo federal que é considerada um retrocesso pelo engenheiro Jonatas, principalmente para o setor rural que conta com menos investimento em infraestrutura e saúde, o que poderá obrigar os municípios a terem suas próprias políticas públicas e reservas financeiras para investir no setor. Esse foi um dos temas discutidos no evento.

Muitos municípios não são superavitários, ou seja, não dão lucro para o setor de Saneamento Básico. Ainda que todos os domicílios paguem em dia a conta de água, não cobrem os custos de investimento da Embasa, por exemplo.

A pretensa privatização é um pleito do governo, sustentada pela medida provisória que poderá proibir o subsídio cruzado, aquele que transfere o lucro de uma cidade para cobrir o prejuízo de outra.

No caso de Retirolândia que é deficitária nesse quesito, ficaria prejudicada com a perda em investimento na extensão de redes de água e outros serviços de Saneamento.

Jonatas entende que é preciso existir um sistema integrado de Saneamento Básico. O engenheiro lembra que este município não conta com mananciais que garantam seu próprio abastecimento.

O engenheiro concorda com o que disse Euzébio Júnior, engenheiro da Embasa que, na reunião, afirmou que o governo  pode estar abrindo mão da saúde pelo financeiro. Jonatas abordou acerca da legislação recém criada que permite o uso de agrotóxicos  nos produtos que prejudicam a saúde do trabalhador, assim como a proibição da venda dos produtos orgânicos em mercados e outros setores, prejudicando diretamente a Agricultura Familiar.

Para o prefeito Vonte do Merim, é preciso que prevaleça a coerência do governo que fica com a maior fatia dos recursos oriundos dos impostos, enquanto os municípios padecem com sérias dificuldades." O Saneamento Básico é uma questão de sobrevivência e os municípios não têm condições de custear projetos que são da responsabilidade do governo". Disse.

O engenheiro Euzébio Júnior não quis se pronunciar para essa matéria.
  • 05:34

Nesta segunda-feira, 16 de Julho, foram iniciadas as atividades do curso pré-vestibular do programa Universidade para Todos (UPT). Com a participação do prefeito Vonte do Merim, a mesa foi formada por: Eleaci Magalhães (Secretário de Educação), Cláudio Inocêncio (Secretário de Saúde), Nayara Silva (Secretária de Assistência Social), Fidelcina Souza (Coordenadora Geral do Município), Dona Terezinha (Presidente do CMDCA), Iraciara Cordeiro (Diretora do Valdeci Lobão), Janiele Silva (Presidente do Conselho da Juventude), Ana Karina (Coordenadora Pedagógica do UPT e professora da UNEB), Henrique Valença (Coordenador Geral do UPT), Rosane Vieira (Diretora do Campus XIV da UNEB) e o palestrante Dr. Onildo Araújo (Professor da UEFS).


Rosane Vieira, diretora do Campus XIV da UNEB, explanou sobre o contingenciamento financeiro e a fiscalização excessiva que a UNEB vem sofrendo e, consequentemente, o UPT também, o que gerou atraso no início das aulas (que deveria ter iniciado em Abril) e também outros ônus ao programa.


Segundo Ana Carina, coordenadora pedagógica do UPT e professora da UNEB, esse ano o programa está tentando estreitar ainda mais os laços entre a coordenação e os alunos. Deixou claro que todas as reivindicações dos alunos devem recorrer a articuladora municipal, Débora Ferraz, que levará todas as questões em busca de resolução junto a coordenação do programa. Ressaltou também o espírito de luta que é necessário para cada aluno alcançar seus objetivos.


Para Nayara, o aproveitamento do programa no município ano passado, quando mais de 50 jovens passaram em vestibulares, foi excelente e espera que a lista cresça ainda mais esse ano. Nayara acrescentou que a educação é uma forma de revolução, mas que precisa ser uma educação politizada, não partidariamente, para que realmente ocorra uma mudança na situação do país.


Henrique Valença, coordenador geral do UPT, com bastante bom humor, frisou a força de vontade da gestão no ano passado, que garantiu a adequação do roteiro do transporte escolar para todos os cantos do município a fim de trazer todos os estudantes interessados para o curso.


Eleaci Magalhães, secretário municipal de educação, disse que não pensou duas vezes em dar continuidade ao apoio do curso neste ano, visto o aprendizado alcançado no ano passado. Re-afirmou todo apoio da Secretaria de Educação ao programa, e que qualquer questão em relação ao transporte, será resolvida a fim de possibilitar o estudo de todos. Também ressaltou que ano passado, entre todos os cursos pré-vestibulares do UPT na região, Retirolândia foi o município que teve mais aproveitamento nos vestibulares.


O prefeito Vonte do Merim agradeceu a parceria com a UNEB, e aproveitou a oportunidade para pedir à coordenação do curso para que os professores do município possam ser colocados no quadro de professores aqui na cidade, quando necessário. Sincero, o prefeito também disse da importância dos estudos atualmente diante de um mercado de trabalho tão competitivo, apesar de muitas vezes não ser cômodo e confortável estudar, mas vale todo o esforço.


A mesa foi desfeita, para que o Professor da UEFS Dr. Onildo Araújo inicia-se a sua palestra sobre "Juventude, Política e Sociedade: o papel da universidade".

As aulas do curso começam nesta terça-feira, 17 de julho.
  • 09:15

Na próxima segunda-feira,16, acontecerá a aula inaugural do curso Universidade Para Todos 2018 para cerca de 50 alunos selecionados no município de Retirolândia-BA.

A secretaria municipal da educação promoverá evento que contará com a presença de autoridades do município como o prefeito Vonte do Merim. Secretários municipais e professores também deverão fazer parte da ocasião que tem  como meta promover o avanço educacional para os alunos integrados.

O curso coordenado pela UNEB, Conta com a contrapartida do município que oferece: transporte, sala de aula, lanche e o material didático.

As matrículas aconteceram no período de 16 de abril a 23 de maio.

Um número entre 8 e 10 professores, deverá ser selecionado para as disciplinas do curso.

Em todo o estado, pelo menos 237 municípios são contemplados com as atividades do pré-vestibular sob a coordenação da UNEB.
Reporte-nos algum problema! Ouvidoria