PÁGINAS

Um Governo de Todos!

  • 10:43
A Prefeitura de Retirolândia, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o projeto Olhar Pelo Próximo, ofertou a população retirolandense, entre os dias 08 e 14 de novembro, exames oftalmológicos, entre eles, Tonometria, Fundoscopia, Retinografia, Mapeamento de Retina, Auto-Refração e Greens Refrativo. Cidadãos de todas as partes do município foram atendidos. No período da triagem, realizado nos povoados de Alecrim e Laginha e na sede do município, mais de 2.800 pacientes foram acolhidos.
Na segunda etapa do atendimento nas mesmas localidades com os trabalhos que foram finalizados nesta terça-feira (14), um número compatível de beneficiários foi atendido pelos profissionais que diagnosticaram os problemas que trazem incômodo na visão daqueles que participaram dos atendimentos.
De acordo com o coordenador do projeto, Humberto Bastos, A equipe é formada por 10 integrantes, sendo seis deles médicos oftalmologistas altamente especializados para atuar nas diferentes especialidades da Oftalmologia. Os profissionais diagnosticaram problemas como a conhecida carne no olho, sintoma decorrente da exposição freqüente ao sol e a poeira e à luta diária no campo, catarata e glaucoma. Os pacientes diagnosticados com esses problemas deverão ser encaminhados à Secretaria de Saúde que deverá adotar as providências para tratar cada problema.
Cada pessoa que se submeteu à triagem na primeira etapa do projeto foi atendida na segunda etapa de acordo com o horário marcado naquela ocasião. Os pacientes atendidos participaram de uma palestra sobre saúde visual que trata dos cuidados básicos para a visão.
Para o Secretário da Saúde, Cláudio Inocêncio Gomes, Cacau, o trabalho é de grande valia para o município que praticamente sanou a demanda reprimida, trabalho jamais realizado no município. “Uma ação dessa magnitude para contemplar um número tão expressivo como esse e com aparelhos de última geração, nunca foi desenvolvido em favor da nossa população”, disse o secretário.


ASCOM

  • 03:39
Com a promoção da Secretaria de Assistência Social e com o TEMA: desafios e perspectivas da juventude na atual conjuntura política, aconteceu nesta segunda-feira (13), o primeiro seminário da juventude do município de Retirolândia-BA.
O evento realizado na sede do Sindismur- Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, contou com a presença de cerca de 240 jovens do município, número que, de acordo com a Secretária Nayara Silva, foi além do esperado.
A ocasião contou com a presença do prefeito Alivanaldo Martins, Vonte, Secretários municipais, vereadores e representantes de entidades ligadas aos jovens, como o Coletivo Municipal de Juventude, Coordenação de Juventude do Estado da Bahia, Conselho Nacional de Juventude e o Consultor Nacional do ID Jovem. O propósito do seminário foi discutir a temática acerca das demandas dos jovens a nível de estado e município.
Para o coordenador de juventude do estado, Jabes Soares, a presença do prefeito do município no evento não é algo que se vê facilmente em outros municípios, mesmo em evento promovido pela gestão municipal.
Para a Conselheira Nacional de Juventude, Maria Luiza do Carmo, não há perspectivas de melhoras nas demandas e objetivos dos jovens. De acordo com ela, a única certeza está pautada na educação.
O prefeito Vonte deu boas vindas ao público presente e disse estar cumprindo um compromisso de campanha com a realização de atos que fortalecem o apoio aos jovens do município. O gestor parabenizou a secretária Nayara Silva e disse que os frutos desse esforço de todos serão colhidos. Vonte disse ser um orgulho ter um filho de Retirolândia, Laudécio Silva como Consultor Nacional do ID Jovem.
Pelo menos 6 grupos foram formados e algumas propostas foram apresentadas para o plano de ação da juventude. Cursos de qualificação técnica e profissional e parceria com a educação para a criação de líderes escolares, são parte das propostas apresentadas.
De acordo com a Secretária Nayra Silva, o governo quer ouvir a juventude e criar mecanismos, de modo que a classe seja fortalecida. O Conselho da juventude e a Secretaria Municipal da Educação, deverão sistematizar as propostas no mês de dezembro e apresentá-las ao prefeito Vonte para possíveis implementações.


ASCOM
  • 06:30
Depois de fazer a limpeza de mais de 150 tanques de pequeno porte, favorecendo proprietários de áreas rurais do município através de uma parceria firmada junto ao governo do estado e realizar a retirada da lama seca das barragens de grande porte de propriedade Municipal, a prefeitura de Retirolândia-BA, fez a limpeza da barragem da localidade de Muriçoca (Ponto da Pinha) nesta terça-feira (07), utilizando maquinas como Caçamba, Patrol e Pá Carregadeira.
A grande quantidade de água que acumula na represa é utilizada no combate à seca nos períodos de estiagem, mas, principalmente, na produção de verduras e legumes por produtores da região que atuam nessa área de produção, de onde tiram o sustento de suas famílias.
Uma das grandes cheias daquela represa ocorreu por volta de 2004. As poucas chuvas desse tempo para cá não foram satisfatórias a ponto de encher o reservatório. Mesmo assim, a lama que acumulou ao longo dos anos, de acordo com moradores da região, nunca foi retirada, de modo que a barragem ficasse completamente limpa, apesar dos tantos momentos sem água.

Para os produtores da região, essa ação representa a preocupação da gestão municipal com o setor de produção e com a geração de oportunidades como emprego e renda.
Para o gestor do município, Vonte do Merim, essa atenção para com as represas do município, tanto as particulares quanto as municipais, tem que ser prioridade para qualquer gestão, garantindo maior espaço para o armazenamento da água e maior quantidade do líquido para favorecer aqueles que tiram seu sustento através de grupos de produção ou de forma particular.


ASCOM
  • 05:24
Com a participação do prefeito do município, Alivanaldo Martins, Vonte, Secretários, Associações Comunitárias e muitos populares, foi realizado na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Retirolândia-BA, nesta segunda-feira (06), o seminário com o tema: Desafios e Avanços no Associativismo Retirolandense, promovido pela Prefeitura de Municipal através da Secretaria de Assistência Social,  Secretaria da Agricultura e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável.
O objetivo do evento era fazer o levantamento da situação da Associações, encaminhar suas demandas e prepará-las para a captação de recursos, contribuindo com o desenvolvimento local.
Para Antônio, técnico agropecuário da Secretaria da Agricultura do município, é necessário o suporte técnico/jurídico às Associações, tornando-as prontas para a disputa de editais, com o direito de pleitear as ofertas do governo, fortalecendo o desenvolvimento do município, juntamente com os grupos de produção.
O município, parceiro nessa idéia, dará o apoio jurídico às Associações, com o propósito de tornar essas entidades prontas, com suas certidões positivas e aptas para a captação de projetos e recursos. Das cerca de 43 Associações Comunitárias, apenas 12 estão regularizadas.
Algumas das dificuldades para a subsistência das Associações podem estar ligadas à falta de apoio em gestões anteriores e às dificuldades encontradas para seus sócios garantirem o pagamento em dia.

O Seminário com as associações comunitárias teve como objetivo identificar os principais desafios existentes nas associações do município, buscando de forma coletiva possíveis soluções para os mesmos. No período da tarde, os participantes se dividiram em grupos para debater e apresentar as fragilidades e potencialidades de cada entidade, estabelecendo inclusive, prazos para o cumprimento das ações previstas. Um encaminhamento concreto foi a regularização dos documentos contábeis de cada associação, até o dia 20 de dezembro. Além disso, o Conselho de Desenvolvimento Sustentável, responsável também pela realização do evento, se comprometeu na elaboração de um plano de ação que deverá contemplar as estratégias e ações apresentadas por cada grupo. Outra demanda solicitada foi a realização de uma oficina sobre reformulação de estatutos para atender as mudanças estabelecidas no código civil brasileiro e a Lei do Marco Regulatório. Além disso, há a possibilidade de continuar com a agenda mensal ou bimestral com as associações comunitárias, como estratégia de fortalecimento das instituições. O Conselho de Desenvolvimento se reunirá na próxima terça-feira, dia 14.11 e dará continuidade às questões pautadas durante a tarde desta segunda-feira (06) e conta com o apoio total da Gestão Municipal, através da Secretaria de Assistência Social, umas das mentoras do evento com apoio das Secretarias de Agricultura e Infra-estrutura.


ASCOM PMR
Reporte-nos algum problema! Ouvidoria